Universidade La Salle
Product ID: 301
Product SKU: 301
New In stock />
Metodologia da Educação Infantil I

Metodologia da Educação Infantil I

Destaque

Marca: Universidade La SalleDisponibilidade: Imediata Referência: Editora Unilasalle


De R$ 43,00
Por:
R$ 28,00
Economize  R$ 15,00

ou 2x de R$ 14,42 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete
Prazo de envio: em até três (03) dias úteis depois da confirmação do pagamento + prazo dos Correios.

Metodologia da Educação Infantil I

Gisele Massola

Ano: 2020

Formato: Impresso 21 x 29 cm

ISBN:

Sinopse: Prezados estudantes,

Sejam bem-vindos ao livro da disciplina de Metodologia da Educação Infantil (0-3 anos). Trata-se de uma disciplina que tem como escopo central a revisão e análise crítica das metodologias de ensino mais frequentemente utilizadas na Educação Infantil, especialmente na faixa etária de zero a três anos, bem como o apontamento de reflexões em torno do que se tem configurado em práticas teórico-metodológicas dos ambientes escolares (formais) e ao mesmo passo, aqueles considerados não escolares (informais) para a Educação Infantil.

Este livro tem como objetivo o estudo, a partir de uma perspectiva sociocultural, de aspectos pertinentes ao espaço/ambiente de aprendizagem e sua organização como condições de grande influência para promoção do processo motor, psicológico, social e cultural das crianças na fase da Educação Infantil. Nessa direção, pretende-se proporcionar ao acadêmico uma visão mais panorâmica do que se tem discutido em relação aos métodos educativos para essa etapa da infância e, ao mesmo tempo, com densidade teórica e empírica, discorrer sobre a complexidade dessa etapa, não considerada de obrigatoriedade do Estado e que, em nosso país, não tinha uma organização administrativa tão intensa até alguns anos atrás.

Destaca-se de antemão que falar sobre a concepção de metodologia não é uma tarefa tão simples, tendo em vista que há uma necessidade de distinguir algumas terminologias que foram consolidadas, ao longo da história, na construção do entendimento do que tem sido e vem sendo considerado como metodologia, particularmente para a Educação Infantil. Com isso, não pretendemos apresentar respostas fechadas para todas as indagações sobre essa temática, mas antes lançar um conjunto de reflexões que busquem dar conta das principais discussões que estão sendo levantadas nos tempos atuais.

Ao refletir sobre a intencionalidade da ação educativa praticada em situações planejadas de ensino-aprendizagem da Educação Infantil, uma indagação parece-nos interpor-se entre as demais: como organizar procedimentos didático-metodológicos que possam, de fato, favorecer o processo de aprendizagem e promover o pleno desenvolvimento das crianças pequenas no que diz respeito aos seus aspectos físico, psicológico, intelectual, cultural e social? Diante dessa questão mais geral que envolve a temática abordada nesta obra, essa será a pergunta norteadora que permeará as discussões apresentadas em cada um dos capítulos que compõem este livro.

Para responder essa questão norteadora mais ampla, a presente obra está organizada em quatro unidades, sendo elas: Unidade 1, intitulada A construção social do “lugar” desejável da infância: retomando alguns fragmentos históricos, tratará de mapear e resgatar entendimentos históricos acerca das concepções de criança, do sentimento de infância e do atendimento à criança em instituições formais em diferentes tempos e contextos da historiografia, particularmente ocidental. Busca-se, portanto, transitar pelos diferentes períodos históricos para contextualizar as condições de possibilidade da condição da infância, assim como tencionar o olhar para este “lugar” assumido pela criança, pela família e para o papel da escola no processo de Educação no contexto contemporâneo. Mais do que isso, a intenção é produzir inspirações teórico-metodológicas para pensar como cada momento histórico construiu, reservou e atribuiu para o que é ser criança e ter uma infância.

Na Unidade 2, nomeada Atribuindo papel à figura do professor na Educação Infantil: formação, condições e identidades – conferindo sentidos para cuidar e educar, é apresentada a discussão acerca da constituição de identidade desse profissional que atua na Educação Infantil. Serão apontadas algumas reflexões sobre o processo de formação dos professores da Educação Infantil que atuam nas duas redes de ensino que são gestadas e oferecidas - as creches e as pré-escolas - na direção de traçar um perfil desses profissionais.
E ainda, busca-se colocar em pauta as discussões implicadas quando tomamos por base os binarismos cuidar e educar, assistir ou cuidar, assistir e educar, tendo sido tornadas importantes dicotomias instauradas no trabalho com crianças pequenas. Tais dicotomias, assistir/cuidar e/ou educar, produzidas e cultivadas, passaram a incorporar debates sobre a relevância desses aspectos para o desenvolvimento da criança pequena e, ao mesmo tempo, significar e diferenciar os recursos possíveis, conforme um ou outro pressuposto.

Já na Unidade 3, Educação Infantil no contexto da Educação Básica – políticas públicas e bases legais (normativas, diretrizes, estrutura, funcionamento): algumas considerações, discutem-se e abordam-se alguns dos marcos legais da Educação Infantil inserida no contexto da Educação Básica. Dentro de uma perspectiva mais analítica, tomaremos conhecimento da legislação mais recente em vigor, que ampara as diretrizes para a Educação Infantil. Dito de outro modo, serão exploradas as novas definições das políticas educacionais implementadas na área da Educação Infantil, com base em legislações, pareceres, resoluções e documentos oficiais encaminhados pelo Ministério da Educação (MEC) a partir da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) nº 9.394/96, enfatizando aspectos relativos ao financiamento para a Educação Infantil, à formação de professores e às tendências dos referenciais curriculares endereçados à mesma.

E por fim, na Unidade 4, intitulada Metodologia para Educação Infantil: interações, brincadeiras, linguagens e avaliação mediadora para construção do conhecimento e da experiência em contextos interativos debruçamo-nos sobre os aspectos organizacionais – espaço, tempo, recursos, materiais – e de planejamento – currículo, didática, metodologia – das propostas de ação pedagógica na Educação Infantil. Tratar-se-á das ações concretas da prática educativa, os seus condicionamentos e diversas possibilidades que podem ser configuradas em experiências de situações concretas para planejar as formas de atuação educativa com crianças, tanto nas creches quanto nas escolas.

Desejamos, dessa forma, proporcionar ao acadêmico um material de qualidade e atualizado, com sugestões de leitura, links de acesso, indicações de sites e grupos de pesquisa, recomendações de periódicos on-line, exercícios, entre outros, que colaborem para sua reflexão, apropriação teórica e construção de possibilidades que possam vir a serem implementadas na ação pedagógica envolvendo a temática abordada neste livro. 

Bons estudos e boa leitura!

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos